reciclagem

Empreendedores: linha de crédito com juros baixos para projetos sustentáveis

Você tem vontade de montar um projeto de triagem e reciclagem de eletrônicos? Ou algum outro projeto de caráter ambiental? Saiu no AmbienteBrasil: A Nossa Caixa, em São Paulo, lançou a Linha Economia Verde para projetos de pequenas empresas que envolvam sustentabilidade, reaproveitamento de água, recursos e resíduos, saneamento básico entre outros. Para saber mais, acesse o site de desenvolvimento da Nossa Caixa.

Processo de Reciclagem de Celulares e Eletrônicos

Reportagem simples e bem-feita sobre o processo de reciclagem de celulares e eletrônicos. Em espanhol.

See video

Como funciona um exemplar Centro de Triagem de eletrônicos

O vídeo sobre a construção do Centro de Descarte e Reuso de Resíduos de Informática - CEDIR da Universidade de São Paulo e as fotos de cada etapa mostram como deve funcionar um exemplar Centro de Triagem para a Reciclagem de Eletro-Eletrônicos. Para saber mais, acesse a página do projeto da USP. | mais >

ONU: Brasil tem maior produção per capita de lixo eletrônico e baixa prioridade da indústria e governos

Seguido do México e da China (0.4 kg/cap·ano), o Brasil (0.5 kg/cap.ano) é o maior produtor per capita de resíduos eletrônicos entre os países emergentes, segundo o mais recente estudo da ONU sobre o tema. O Brasil também foi cotado como campeão em outro quesito: faltam dados e estudos sobre a situação da produção, reaproveitamento e reciclagem de eletrônicos: China, Índia, Argentina, Chile, Colômbia, Marrocos, África do Sul e até mesmo o México realizam e centralizam mais informações sobre a gestão de resíduos eletrônicos em seus países que nós, parafraseando um famoso jornalista, isso é vergonhoso! | mais >

Campus Party tem posto de coleta de celulares e acessórios

A operadora de celulares VIVO montou um posto de coleta de celulares e acessórios (baterias, fones de ouvido, carregadores, etc.) na Campus Party Brasil desse ano. Segundo matéria do Estadão, todo o conteúdo arrecadado será enviado a empresas especializadas em reciclagem de eletrônicos. Esta iniciativa da Vivo faz parte de seu programa de responsabilidade socioambiental Vamos Trocar Ideias?

Perguntas e Desafios para 2010

PERGUNTAS

Por que a reciclagem de eletrônicos ainda é tão cara?
O que fazer para diminuir custos e agregar valor ao ciclo reverso dos eletrônicos?
Qual é o melhor modelo de responsabidade para a gestão dos resíduos eletrônicos?
A Responsabilidade deve ser exclusiva do produtor ou compartilhada entre Estado, Indústria e Consumidor?
Os eletro-eletrônicos devem ser categorizados na legislação como perigosos ou como matéria-prima? Ou um modelo com diversas categorizações é mais eficiente? | mais >

GT no Congresso: gestão de resíduos eletro-eletrônicos é processo complexo que envolve diferentes aspectos e atores

No dia 29/11 foi encerrado o IV Congresso da CiberSociedade, no qual participamos por meio da organização de um grupo de trabalho sobre a gestão de resíduos tecnológicos, junto à Rede MetaReciclagem e o coletivo Obsoletos.org. Abaixo, um resumo das comunicações que recebemos, dos debates e conclusões.

| mais >

Projeto Reciclagem Digital

por Hosana Amaral. Enviado por Ana Paula Gomes

O Reciclagem Digital é um projeto surgido no ano de 2008, agora com um ano de existência, que nasceu da iniciativa de minimizar os riscos ambientais causados pelo lixo eletrônico, uma vez que a quantidade de lixo eletrônico produzido hoje no mundo é muito grande. Com isso, pensou-se na maneira mais viável de aproveitar esse lixo e transformá-lo em um produto que beneficiasse a toda a sociedade. Assim surgiu o Projeto Reciclagem Digital, ou simplesmente RD, como é chamado por seu corpo de voluntários.
| mais >

Depósitos de eletrônicos: Cemitérios ou Centrais de Órgãos?

Foto: Paulo FehlauerHoje visitei um depósito de eletrônicos nos arredores da Santa Padroeira dos Eletrônicos, a Ifigênia junto com a Maira Begali, o Marcelo Braz (que há mais de ano desenvolve uma pesquisa-ação com sucateiros da região) o Pauo Fehlaer e o Filipe Pacheco (da Resvista22 - veja relato aqui). As condições de armazenagem e segurança no trabalho são péssimas. Os riscos de contaminação ambiental e humana, principalmente, são grandes. Ele compra eletrônicos, funcionando ou não. Em uma indústria de reciclagem, com as devidas licenças ambientais e procedimentos para assegurar a saúde e integridade do trabalhador, paga-se para reciclar os eletro-eletrônicos
| mais >

Se a tecnologia não é neutra, a reciclagem da mesma também não o é.

Flavia Fascendini nos presenteia com esse excelente artigo onde analisa a fundo a faceta política da doação, reutilização e reciclagem de computadores e seu fluxo desses equipamentos no mundo.

Flavia Fascendini estuda reciclagem e o ciclo reverso do lixo informático, financiada pelo Programa de Investigação Jornalística para o Desenvolvimento Sustentável da AVINA.

Conteúdo sindicalizado